Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

No palco

Como me engano sorrindo!

Desfilo com ar de felicidade como se a vida me desse  aquilo que esperei.

O palco é meu, única actriz, personagem que inventei, cenário de mil cores que transformo ora em nuvens tenebrosas, ora em azuis  trespassados por raios de sol.

Noite e dia piso altiva o espaço que criei, num dia criança, solta e feliz, noutro, mulher indomável e segura.

Baixo as luzes... na penumbra  passeio descalça, despida de tudo, coberta de nadas, ávida de ter, chorosa, triste e fragilizada por derrotas que não mostrei. Arrasto-me sentindo no corpo o peso de sonhos que guardo, de afrontas que sofri, de injúrias de enganos e desilusões. A escuridão não deixa que vejam as lágrimas que rolam pelos sulcos das rugas escavadas numa face cansada macilenta e sem brilho. Não podem ver, não quero que vejam, não quero que tenham pena.

O cenário tem que mudar, depressa me desfaço das lágrimas, das rugas, da escuridão, do negro...solto uma gargalhada, visto-me de cores que invento..sou aplaudida, depressa descubro que dramas , mesmo que reais, não agradam tanto como a felicidade fingida.

Atiro beijos, canto, rodopio,  até consigo que volte o brilho dos olhos. Por momentos  esqueci que estava no palco. 

Quando o pano caiu com ele caí também e perguntei desesperada: -Afinal quem sou eu?

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil