Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Yin e Yang

-Parabéns Raquel!!! Dá cá um grande abraço!

-Obrigada amiga, ainda bem que vieste.

- Já sabes que não sou muito de dizer aquelas coisas banais que se dizem porque é costume...felicidades...que contes muitos...que este dia se repita por muitos anos...bla, bla, bla...entre nós já não são precisas palavras, sabemos que ambas desejamos o melhor uma á outra.

- Sim eu sei e de  ti não esperava outra coisa.

-Estás feliz?

-Eh...faço os possíveis...

-Mau...não estou a gostar da resposta...vá desembucha,,o que se passa?

-Sabes... ele ainda não me deu os parabéns.

-Oh, não me digas! Então as coisas entre vocês não andam bem.

-Olha deixa lá, hoje não me quero preocupar, é o meu dia, vou ter aqui muitos amigos e tenho que estar radiosa.

- Pronto, pronto, mas não penses que escapas, um dia destes tens que deitar cá para fora essas magoazitas...olha trouxe-te uma lembrancinha, coisa insignificante, mas gostei, espero que gostes também.

-Oh, escusavas de te incomodar!

-Já reparaste no que estás a dizer sua tonta, isso é uma frase feita, achas que me incomodei?

- Desculpa...

- Uma caixa! Linda! Sabes que adoro caixas, esta então é particularmente bonita, com estes símbolos Yin e Yang, parece que estavas a adivinhar que talvez precise de tornar a minha vida um pouco mais equilibrada.

-Abre, abre...

-Uma velinha.

-Já que precisas de encontrar algum equilíbrio, acende-a, certamente te iluminará e ajudará a encontrar o teu caminho.

-Espantoso, tu não sabias de nada e acabaste por me dar um presente com um significado tão apropriado para o momento! Muito obrigada.

- Vai, olha estão a chegar mais convidados, eu fico aqui num cantinho a bebericar, se precisares de alguma coisa diz.

Raquel sorriu, cantou e encantou, fez um lindo discurso, agradeceu, partiu o bolo e fez questão que a primeira fatia  fosse para o marido.

No outro dia sabia que se teria de levantar cedo, que iria trabalhar loucamente e adiaria a conversa que teria de acontecer mais tarde ou mais cedo.  Esqueceria a falta de diálogo, os silêncios prolongados, o amuo sem motivo, a ausência de sorrisos e do abraço carinhoso, e perderia a conta ao número de dias em que não faziam amor

A busca pelo equilíbrio desejado ficaria adiado, sabe-se lá por quanto tempo.

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil