Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Escolhas

 

Nos meus dois últimos posts falei de Relacionamentos de Energias...como se perdem, como se ganham... pensava dar por terminados estes temas que de alguma forma se relacionam e complementam, mas como acontece sempre que não penso, surgem coisas por mero acaso, ou talvez não, que contrariam aquela preocupação que tenho sempre que acabo de escrever: "..E a seguir? Vou falar de quê?". E enquanto me perco e desgasto, com este divagar sem sentido, reparo que estou a entrar em contradição sobre o que tanto apregoo... "conseguir viver o momento". A vida já me ensinou que tudo aparece na altura certa e que, por mais que me esforce, ela não tem o mesmo tempo que eu , dá-me apenas oportunidades que tenho que aproveitar. Vem isto a propósito de um email que recebi e que certamente muita gente conhece, mas que julgo ser o complemento perfeito para os posts anteriores.

 

 TER RAZÃO OU SER FELIZ

 Oito da noite, numa avenida movimentada

 O casal já está atrasado para jantar em casa de uns amigo 

 O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair de casa

 Ele conduz o carro.

 Ela orienta e pede para que vire na primeira rua á esquerda

 Ele tem a certeza que é á direita

 Discutem

 Percebendo que , além de atrasados, poderão ficar mal humorados, ela deixa que ele decida

 Ele vira á direita e percebe, então que estava errado

 Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno

 Ela sorri e admite que não há problema se chegarem alguns minutos atrasados

 Ele questiona :- Se tinhas tanta certeza de que eu ia pelo caminho errado, porque não insististes um pouco mais?

 Ela responde: -Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos á beira de uma discussão. Se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite.

 

Depois de ler este email lembrei-me de uma pessoa com quem trabalhei e que achava que tinha sempre razão. No início discutíamos, mas cedo cheguei á conclusão que uma atitude dessas só me desgastaria e não adiantaria nada. Um dia por graça, eu e outras colegas, oferecemos-lhe um cinzeiro onde se podia ler "O chefe tem sempre razão". Todas adoptámos a estratégia mais conciliatória, deixaram de existir discussões e sorríamos, mesmo quando tínhamos a certeza que estava errado. Parece que resultou, porque percebeu que de nós não conseguia sugar energia e revitalizar-se.

 

 Eu já fiz a minha escolha...quero ser feliz! Não quero que concordem comigo, não quero que me digam que estou certa ou errada, quero ser simplesmente eu. Não quero desperdiçar aquele precioso momento em que me é dado escolher, entre prolongar por mais um minuto a minha alegria ou desperdiçar um segundo a provar que estou coberta de razão.

 

 

 

 

37 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil