Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

O meu Natal de hoje

 

 

Já passaram por mim muitos natais, uns com a família, outros a trabalhar, outros com o meu filho e até já passei um sozinha.

 

Quis experimentar a sensação de estar numa mesa com a tradicional comida da época, com velas acesas, uma toalha em tons de vermelho, os melhores pratos e talheres e aquele vinho que escolhi como sendo o melhor na altura, ou o que mais me apetecia.

 

A lareira crepitava, a sala estava acolhedora, uma música suave tocava baixinho e deixei-me embalar na doce solidão que escolhi para aquela noite , onde adivinhava e imaginava o que se estaria a passar em muitas casas de amigos, família e também por esse mundo fora.

Saboreei cada instante e houve momentos em que fingi estar feliz, mas de imediato afastava essa comiseração e concluia que afinal acabava por nunca estar verdadeiramente só, pelo menos sabia que alguém bem longe, pensava em mim e tinha falado comigo nessa noite...o meu filho!

 

Debaixo da minha árvore de Natal, bem singela, amontoavam-se algumas prendas que seriam distribuídas no dia seguinte.

 

Hoje, sei que na noite do dia 24 não estarei só, porque os meus amigos recusam-se a deixar-me e quase se escandalizam quando digo - Ah não sei, talvez vá...

E vou, vou porque sinto que o convite é um sinal da amizade que verdadeiramente nos une e estaria a ser ingrata se ignorasse a estima e consideração que me devotam.

 

Vou porque a família pode não ser apenas uma instituição, mas um espírito de união, de solidariedade, cumplicidade, de partilha e de muita amizade.

 

 Hoje, Natal é lembrar os que estão longe e que amo e que esse amor não tem fronteiras e faz-se sempre perto quando há elos que o coração não deixa quebrar.

 

Hoje, ao meu Natal tenho de acrescentar algo que fui recebendo ao longo de quase dois anos na blogosfera... os meus amigos, alguns virtuais, outros reais, que têm estado comigo, me têm visitado, encorajado, fazendo companhia e criando laços indissolúveis de união e amizade. Para todos vós, que fazem com que nunca esteja sozinha, quero que saibam que estão sempre no meu coração, sentados aqui no meu cantinho , falando da vida e das nossas vidas.

Para todos um Feliz Natal e muito obrigada pela vossa presença, já não sei passar sem vocês.

 

Hoje, é este o sentido de Natal que escolhi para a minha vida.

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil