Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

A energia de um nome

 

 

 Em 550 A.C.,o célebre matemático grego Pitágoras, considerado o pai da numerologia moderna, concluiu que os números eram a essência de tudo o que existe. Através de uma associação mística dos números, Pitágoras chegou à conclusão que a alma humana é imortal e que viaja através dos tempos. A esta filosofia Matemática, Pitágoras introduziu uma perspectiva mística-religiosa baseada na crença de que a alma transmigra utilizando uma disciplina de vida através do corpo e da mente para chegar a uma perfeição espiritual

 

Quando há dias li aqui as dificuldades porque passam as mulheres que um dia ao casarem acrescentaram o nome do marido ao seu e que depois com o  divórcio, tiveram de correr seca e meca para que se retire o acrescento, lembrei-me que podia falar aqui da energia que carrega um nome.

 

Estou a fazer a segunda formação em numerologia e um dos assuntos que aprendemos a interpretar e descodificar é a energia que se esconde por detrás do nome que nos foi dado.

 

Há três aspectos que são postos a nu, ao transformarmos o nosso nome completo em números e reduzindo-os no final a um único dígito; assim com a soma de todos os números correspondentes a cada letra do nome completo ficamos a saber o número de expressão que determina o nosso potencial - o que devemos explorar, desenvolver e pesquisar, assim como os nossos talentos e habilidades. Este número demonstra como nos exprimimos no nosso destino.

 

O número da alma que se obtém com a soma das vogais dá-nos a motivação , ou seja, o que nos faz avançar e motiva.

 

Por último, e somando as consoantes percebemos quais os nossos desejos interiores que determinam o que desejamos no plano físico. Fala-nos ainda dos nossos desejos secretos, os que estão escondidos no nosso interior.

 

O facto de acrescentarmos o nome do cônjuge vem adicionar uma carga que não nos pertence, daí que muita gente se sinta aliviada quando se livra desse peso.

Se alguém casar, aconselho vivamente a desistir da ideia de colocar mais um apêndice que pode um dia vir a causar transtornos.

 

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil