Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

"DIVA" eu?????

                                               

 

Por esta é que eu não esperava...um miminho!!!! Sabe tão bem!!!

Foi-me oferecido pela minha amiga http://estrelasnoceu.blogs.sapo.pt

Obrigada Estrela.

 

Mas ser Diva implica algumas coisas:

 

1-Linkar os criadores do selinho que são:

http://divasvogue.blogspot.com/ e http://divastoyou.blogspot.com/

 

2- Escrever três atributos que nos fazem sentir "DIVA".

     Sorridente, Amiga, Tolerante

 

3- Passar o prémio a cinco pessoas:

 

Catjinhaaa**

 

http://ficas_comigo_esta_noite.blogs.sapo.pt/

 

Just Say Something

 

Mais um Diário!

 

http://jasmine-scent.blogspot.com/

 

Espero que gostem!

 

                                   

 

 

 

Apenas sou...

Sou feita de nadas que são tanto

de medos imensos

disfarçados de risos.

Sou feita de sonhos

sonhos de ontem, que os de hoje já foram

de nuvens , de chuva , de cantos

de suaves brisas , de ventos

ventos que um dia levaram

e trouxeram também

não sei o quê

não sei de quem.

Sou feita de flores de todas as cores

de odores, de saudade, de amores

de cantos divinos em terras de nada

de tudo eu sou

Ou sou apenas de nada? 

Sou ainda a estrela,

que se esqueceu de brilhar

encantada que estava

num doce sonhar.

Um dia surgiu

em noite  serena

inundada da luz

de um imenso luar.

 

 

 

 

 

 

22 de Abril, Dia do Planeta Terra

Hoje reencaminho uma mensagem escrita pelo Dr. Alfredo Sfeir- Younis ,  fundador e presidente do Instituto Zambuling para a transformação Humana e com o qual já tive oportunidade de participar em várias meditações para a Paz Mundial. Quem estiver interessado em conhecer o seu trabalho em prol da paz  poderá aceder a: http://silentpeacemeditation.com/

 

Hoje "Dia do Planeta Terra"

 

A mensagem:

 

" Cidadãos deste planeta

 

Chegou o momento de juntos limparmos o planeta; se o fizermos estaremos a limpar-nos a nós próprios.

Vivemos um momento da nossa história em que a humanidade deve desenhar uma nova arquitectura para o seu destino colectivo. Estes processos de limpeza são essenciais.

Estamos vivendo com demasiados níveis de stress, toxicidade, destruição do meio ambiente, insegurança, violência e pobreza.

Hoje dirijo-me a todos com compaixão sabedoria e poder interior, para vos chamar a participar num programa especial, " As Árvores da Limpeza para a Paz". É fácil,  simples e com grande impacto para todos os que  nele habitam.

O principal objectivo é plantar  árvores  equivalente ao número de habitantes deste planeta.

Cada de nós deve dar a sua contribuição, um a um vamos alcançar a meta desejada.

Este é um programa para a Paz colectiva.

A limpeza do Planeta permite limparmo-nos a nós próprios individual e colectivamente e obter a paz interior colectiva; esta paz interior é essencial para a paz mundial colectiva.

Transmitam este convite aos vossos governos, organizações locais, família , amigos, e enviem fotos, o número de árvores que plantaram, variedade, e onde plantaram.

Este é um programa que nasce e se executa  partindo das bases, deve ser o seu programa.

É preciso actuar já.

 

Conto com a sua participação activa

 

Mis oraciones e bendiciones ir a todos y cada uno de ustedes.

En el camino de la paz colectiva

 

Cho Tab Khen Zambuling

(Alfredo Sfeir- Younis)"

 

                                                  

 

Vamos plantar uma árvore!

 

Penélope

                                                         

                                                                    

 

                     

A noite chegou!

Recolhida no seu canto, longe dos olhos do mundo, ela desmancha  o trabalho que teceu durante o dia.

Amanhã Penélope aparecerá sorridente e continuará a tecer ...

Esperará eternamente...

LANGKAWI

                                                

Langkawi é um arquipélago com cerca de 100 ilhas situado na Malásia.

Há uns meses atrás tive oportunidade de visitar algumas dessas ilhas, a maior parte desertas, banhadas por águas límpidas quentes e transparentes.

Achei curiosa a explicação do guia sobre a origem do nome "Langkawi", trata-se de uma lenda e pelo que soube é uma região fértil em lendas.

Langkawi significa águia castanha que é considerada uma ave nobre.

Diz-se que quando o macho encontra a sua fêmea é para toda a vida. Normalmente têm 4 crias sobrevivendo apenas três delas.

Quando morre a fêmea o macho fica junto do cadáver sem comer nem beber esperando pacientemente a morte.

Esqueci-me de perguntar se a fêmea tem a mesma atitude quando morre o parceiro.

Não deixei de esboçar um sorriso e pensar cá com os meus botões: "-Ai, quem me dera ser águia!"

18 de Abril de 2009

Há uns anos atrás entrou na minha vida.

Iluminou-a, deu-lhe cor, alegria...

Nunca mais os meus dias foram iguais.

Ele é a paz, a doçura, a serenidade, a ternura e o amor da minha vida.

O meu filho!!!!

Sentamo-nos , bem aninhadinhos no sofá, rimos, contamos os nossos segredos, as nossas alegrias,  as tristezas, partilhamos ideias, damos conselhos um ao outro...

Descreve-me as aventuras da última viagem que fez, mostra-me  fotos e por fim abre as malas.

O que mais me alegra é que venha donde vier, seja do país mais bonito, do mais quente, com águas límpidas, ou o mais exótico..mal entra em casa, diz: "-Cheguei ao Paraíso!"..

Não vou falar mais dele, eu sei que sou uma mãe "babada", mas que foi a melhor prenda que a vida me deu, isso sem dúvida.

Teve a sorte de encontrar pessoas que ao longo da vida o ajudaram a ser a pessoa que hoje é.

Recordo e agradeço a algumas delas que foram parte importante no seu desenvolvimento e na formação do seu carácter.

Ao pai que sempre lhe incutiu valores muito importantes e sempre esteve atento para que não houvessem desvios.

Ás minhas grandes amigas, Célia e Olga, que me ajudaram a cuidar dele, lhe contaram histórias, brincaram, passearam e que foram "mãe", quando o meu trabalho não me permitia estar sempre presente..

Ás primas, Lara e Mónica, que mesmo longe eram o porto de abrigo quando se encontravam.

Á Maria João e á Paulinha que tantas vezes o levaram á praia,  cuidaram dele e a quem ele carinhosamente chamava "meninas", ou dizia. "-Mamã vou às meninas", hoje já adultas continuam a ser as meninas.

Aos grandes amigos, Filipe, Rodrigo, Raminhos..e tantos , tantos mais, que o têm acompanhado ao longo dos anos, e que têm sido de uma amizade e cumplicidade a toda a prova.

Finalmente  às colegas de viagens , Elizabete, Filipa, Telma,  Alida Diogo, Rui... companheiros de trabalho, de aventuras e que minimizaram a saudade de casa quando estava longe; pessoas impecáveis que tive o prazer de conhecer e de concluir que até nisso teve sorte.

 

18 de Abril, mais um aniversário!

Parabéns meu filho!

 

                                                           

VICKY CRISTINA BARCELONA

                                              

Vicky  Cristina Barcelona é uma comédia dramática, rodada grande parte em Barcelona, cidade que tive oportunidade de visitar.

Foi agradável rever alguns lugares que visitei nomeadamente a Catedral da Sagrada Família ,bem como grande parte da obra de Gaudi e Miró.

Comecei a ver este filme para passar tempo e nem criei grandes expectativas ácerca do conteúdo.

Fiquei surpreendida e voltei a vê-lo de novo com mais calma e reflectindo sobre algumas questões que têm a ver com os relacionamentos , o amor  as paixões, o casamento...

Resumidamente o filme relata-nos a história de duas jovens americanas que vão passar os meses de Julho e Agosto a Barcelona acabando por envolver-se com um pintor extravagante e com a sua ex- mulher (Penélope Cruz), uma pessoa neurótica e emocionalmente instável.

Deixo aqui algumas afirmações que vi neste filme e me deixaram a pensar e algumas questões que deixo no ar.

 

...só o amor incompleto pode ser romântico...

O que será um amor incompleto?

...o nosso amor é eterno , mas não dá certo...

Será que não dá certo por ser eterno ou porque não é amor?

...o amor é tão difícil de definir...

Quando se ama alguém procuram-se definições?

...andamos á procura de uma definição mágica , que não a realista...

Será o amor uma realidade definível, objectiva, capaz de ser provado , como se de uma ciência se tratásse?

 

Na música-tema "Barcelona" de Giulia & los Tellarini a dada altura pergunta-se:

"por que tanto perder-se/ tanto buscar-se/ sem encontrar-se?"

 

Gostei do filme e recomendo.

 

 

 

 

A Páscoa na minha infância

Depois de uma semana de preparativos para o Domingo de Páscoa, eu , os meus irmãos , a avó e a mãe metemo-nos ao caminho e percorremos os dois quilómetros que nos separavam da igreja da aldeia. O pai foi antes para poder dar  dois dedos de conversa com os amigos.

Fomos um pouco antes para tentar arranjar um banquinho , normalmente não havia lugares sentados para todos e neste dia a missa era particularmente demorada.

O senhor prior fazia uma homilia que parecia não ter fim, as crianças bocejavam , outras adormeciam, já sabíamos que era assim, se fosse hoje diríamos: "-que grande seca!", na altura se manifestássemos o nosso desagrado corríamos o risco de levar um tabefe.

Olhava de soslaio para os fatos novos das minhas amigas, havia de tudo ...rendinhas, folhinhos, pregas, soquetes brancos, um colorido que contrastava com os fatos dos adultos que tresandavam a naftalina.

Durante a semana havia sempre grande azáfama lá em casa.

Era a altura do ano em que se fazia "a limpeza grande". As paredes e tectos eram lavados com lixívia, o chão esfregado, as carpetes bem lavadas.

Todos tinham  uma tarefa, a mim era destinada a limpeza do pó,. Tentava fazer batota nos móveis mais trabalhados, mas a avó não deixava escapar nada.

Também me deixavam escolher os naperons para colocar nas mesinhas de cabeceira, nas cómodas e na sala. Escolhiam-se as colchas mais bonitas para as camas.

Á entrada da porta havia alecrim, o jardim era cuidadosamente tratado. Tudo tinha de estar impecável para receber a visita pascal.

Todas as crianças ansiavam pela visita do Sr. prior, que depois de balbuciar umas palavras em latim e espalhar um pouco de água benta na sala , atirava um punhado de amêndoas para o chão. As crianças adoravam este momento, eu e os meus irmãos, de gatas, tentávamos ver quem conseguia apanhar mais. Depois de alguns momentos de euforia era restabelecida a ordem, beijávamos  o crucifixo e despedíamo-nos.

De tudo isto , o que mais ficou gravado na minha memória foram sem dúvida os cheiros:

as roupas , as casas , os campos as flores...tudo era especial nesta altura do ano.

Ontem foi assim......hoje estou por aqui....

 

Hoje aceito

 

 

 

 

 

Hoje aceito a chuva que cai

Aceito o riso

e a lágrima

Aceito as palavras ditas

e tudo o que ficou por dizer.

Aceito o momento de solidão quando a noite caiu

A ausência de quem teve de partir

O medo de perder

A saudade de um sonho que passou

A alegria do olhar

O segredo que guardei

O encontro desejado

A conversa partilhada

Aceito o que não posso transformar

a dor , o desânimo, a paixão...

Hoje aceito...

porque há o coração que bate

O ar que respiro

O alento, o refúgio

a alegria da chegada

o brilho nos olhos                           

a gargalhada

a carícia partilhada

o beijo eternizado

a promessa

a esperança...

 

Por tudo...eu aceito 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D