Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Se estivesse entre nós faria hoje 50 anos

 

 

Hoje escrevo de Rolando Palma, do poeta, do escritor, do fotógrafo, falo da sua sensibilidade do seu coração enorme e generoso, falo da cumplicidade que nos ligava e sobretudo de um grande amigo.

 

Quis o destino que a morte trágica o levasse cedo demais, mas nem por isso deixará de permanecer na minha memória e na de muitos que o visitavam e que liam as suas histórias de encantar. Os comentários que deixava tinham sempre um conteúdo que nos deixavam a pensar e nada era dito ao acaso.

 

Lembro-me como se fosse hoje quando eu e a Libel nos encontrámos e conhecemos em Lisboa. O homem que imaginei por detrás das letras estava ali à minha frente igual a si próprio, de sorriso afável, de palavra fácil e de uma simplicidade arrebatadora.

 

A partir daí muitas mais vezes nos encontrámos, já que os pais tinham uma casa aqui bem perto de mim. De vez em quando chegava um telefonema:

-Manu vamos jantar? Manu vamos à Nazaré tirar fotos? Manu queres ir às pinhas comigo e com a prima Teresa? Manu vamos à feira a Palmela ter com o Jorge Soares?

Falávamos de tudo e sobre tudo, embora existissem temas que eram tabu e que eu respeitava, sobretudo quando se tratava de assuntos do coração.

 

De vez em quando lá vinha um desabafo, sabia pelo olhar que por detrás do sorriso pairava alguma tristeza, mas sempre deixei e respeitei seus silêncios.

 

Hoje estive a rever muitos dos comentários que me deixou e um deles dizia:

 

Ah, Manu...

No final de tudo, mesmo quando os caminhos se soltam ou descruzam...restam sempre as memórias. Somos memórias, os nossos tijolos são memórias, tudo o que deixamos nos outros são memórias.
A felicidade, tal como tudo ... é efémera. O tempo certo, o presente, é o único de que dispomos..

O passado, já passou .... e o futuro... amanhã falamos sobre ele.

Beijos.
Rolando

 

Hoje Rolando, não posso falar do amanhã apenas me resta recordar, não com tristeza, mas com um brilho nos olhos, porque sei, que estejas tu onde estiveres és uma estrela brilhante que acompanha o meu caminho e o de todos a quem brindaste com a tua amizade.

 

 

publicado às 23:31

Salvem os Homens!

UMA MULHER INTELIGENTE FALANDO DOS HOMENS

Tive apenas um exemplar em casa, que mantive com muito zelo e dedicação num casamento que durou 56 anos de muito amor e companheirismo, (1952-2008) mas, na verdade acredito que era ele quem também ...me mantinha firme no relacionamento. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha 'Salvem os Homens!' Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da masculinidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:

1. Habitat

Homem não pode ser mantido em cativeiro. Se for engaiolado, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que os prenda e os que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse ou a propriedade de um homem, o que vai prendê-lo a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente, com dedicação, atenção, carinho e amor.

2. Alimentação correta

Ninguém vive de vento. Homem vive de carinho, comida e bebida. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ele não receber de você vai pegar de outra. Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã os mantêm viçosos, felizes e realizados durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não o deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial. Portanto não se faça de dondoca preguiçosa e fresca ... Homem não gosta disso. Ele precisa de companheira autêntica, forte e resolutiva.

3. Carinho

Também faz parte de seu cardápio – homem mal tratado fica vulnerável a rapidamente interessar-se na rua por quem o trata melhor. Se você quer ter a dedicação de um companheiro completo, trate-o muito bem, caso contrário outra o fará e você só saberá quando não houver mais volta.

4. Respeite a natureza

Você não suporta trabalho em casa? Cerveja? Futebol? Pescaria? Amigos? Liberdade? Carros? Case-se com uma Mulher. Homens são folgados. Desarrumam tudo. São durões. Não gostam de telefones. Odeiam discutir a relação. Odeiam shoppings. Enfim, se quiser viver com um homem, prepare-se para isso.

5. Não anule sua origem

O homem sempre foi o macho provedor da família, portanto é típico valorizar negócios, trabalho, dinheiro, finanças, investimentos, empreendimentos. Entenda tudo isso e apoie.

6. Cérebro masculino não é um mito

Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino, mas não gostam de mulheres burras.
Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente não possuem! Também, 7 bilhões de neurônios a menos!).
Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Se você se cansou de colecionar amigos gays e homossexuais delicados, tente se relacionar com um homem de verdade. Alguns vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja desses, aprenda com eles e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com as mulheres, a inteligência não funciona como repelente para os homens. Não faça sombra sobre ele... Se você quiser ser uma grande mulher tenha um grande homem ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ele brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ele estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda. Aceite: homens também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. A mulher sábia alimenta os potenciais do parceiro e os utiliza para motivar os próprios. Ela sabe que, preservando e cultivando o seu homem, ela estará salvando a si mesma. E minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher e aí Você vai ver o que é Mau Humor! Só tem homem bom quem sabe fazê-lo ser bom! Eu fiz a minha parte, por isso meu casamento foi muito bom e consegui fazer o Fernando muito feliz até o último momento de um enfisema que o levou de mim. Eu fui uma grande mulher ao lado dele, sempre.

Com carinho

 

Fernanda Montenegro



publicado às 22:51

Deita fora o que não precisas

 

Tens o hábito de guardar objectos inúteis acreditando que um dia vais precisar deles?

Tens o hábito de juntar dinheiro sem gastá-lo porque imaginas que ele te poderá fazer falta no futuro?

Tens o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outras coisas que já não usas há muito?

E dentro de ti?

Tens o hábito de guardar raivas, ressentimentos, tristezas, medos e outros sentimentos negativos?

 

Não faças isso, vai contra a tua prosperidade.

É preciso deixar um espaço, um vazio para que novas coisas cheguem à tua vida.

É preciso desfazeres-te do inútil que há em ti e na tua vida para que a prosperidade possa acontecer

A força desse vazio é que absorverá tudo o que desejas

 

Se acumulares objectos e sentimentos velhos e inúteis

Não terás espaço para novas oportunidades

 

Os bens necessitam circular.

Limpa as gavetas, os armários, a garagem...a mente

Dá tudo o que já não usas

 

Quando se guarda considera-se a possibilidade de falta e de carência

Há que confiar no amanhã

E que coisas boas virão.

Deixa entrar o novo em tua casa e até dentro de ti!

 

 

publicado às 20:52

Mais sobre mim

imagem de perfil