Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

Cantinho da Manu

"Quando duas pessoas partilham um pão, cada uma volta com um. Quando partilham ideias, voltam com duas." (Buda)

A melhor resposta

 

No intervalo de uma mesa redonda sobre religião e paz entre os povos o teólogo brasileiro Leonardp Boff perguntou a Dalai Lama:

- Santidade , qual a melhor religião?

Dalai Lama esboçou um sorriso e respondeu:

- A melhor religião é aquela que te aproxima do Infinito, que te faz melhor.

Leonardo Boff, ficou perplexo com a resposta, porque pensava que ele ia dizer que a melhor seria o Budismo Tibetano.

- A que me faz melhor?!

- Aquilo que te faz mais compassivo, aquilo que te faz mais sensível, desapegado, amoroso, mais humanitário...mais ético.

A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião.-respondeu Dalai Lama

Boff nunca mais esqueceu esta resposta sábia e irrefutável.

 

Não importa se temos ou não temos religião, o que realmente importa é a nossa conduta perante a família, a comunidade e o mundo.

 

O Universo é o eco das nossas acções e dos nossos pensamentos.

A lei da Acção e Reacção não é só uma lei da Física, ela também está nas relações humanas.

Se fizer pelo bem , receberei o bem, se fizer pelo mal, receberei o mal.

Já os nossos avós diziam: " Terás sempre o dobro daquilo que desejares aos outros."

 

publicado às 19:37

Quem dá mais???

- Meninas, preciso de arranjar mais uns trocos, a mesada não chega pra tudo.

- Arranjaste algum trabalhito?

- Tás doida...eu? Achas que tenho tempo? Com o que tenho pra estudar, achas que consigo?

- Então?

- Tive uma ideia... como tenho muita roupa vou trazer algumas peças que não gosto e vou fazer um leilão aqui no colégio.

-Ah..ah..ah.. ah..riram todas

- Bom, alinham ou não? Posso trazer?

Uma ideia destas só podia sair da Bé. Todos ficámos sem saber o que responder. Confesso que a ideia até me agradou, ela tinha roupa tão gira e pensei cá pra mim, que se ela não pedisse muito, podia ser que conseguisse arrematar alguma coisa.

No dia seguinte apareceu com uma sacada de roupa; rodeámo-la cheias de curiosidade.

-Calma, calma...isto tem que ser feito como deve ser.

Sem meias medidas a Bé salta pra cima da mesa e um a um mostra os trapinhos.

Vi logo uma camisola que sempre gostei, pensei que nunca conseguiria o suficiente para a comprar. Deixei-me estar caladinha e não me mostrei muito interressada, não fosse despertar a cobiça das outras e fazer levantar o preço.

-Camisola cor-de-rosa -gritou ela- Quanto vale?

O meu coração ficou apertadinho, rezava para que ninguém oferecesse muito.

Chegou a minha vez de licitar:

-Vinte escudos- disse a medo

Olhei para um lado e para o outro, tentando adivinhar as intenções das outras

Estávamos neste impasse quando de repente surge uma freira, que boquiaberta olhava para a Bé que continuava a segurar a minha camisola na pontinha dos dedos...minha... é verdade, fiquei com ela.

Resultado:

-Meninas...amanhã ficam sem recreio!

Nem me incomodei com isso, o que eu queria tinha conseguido.

A Bé...ai a Bé, leiloou a vida, apostou demasiado alto e perdeu; hoje recordo o seu sentido de humor a gargalhada fácil, a boa disposição e a camisola cor de rosa.

 

publicado às 10:24

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados